amuseBOUCHE

Para falar do que eu gosto...

DiárioReceitasVinhos & CiaDicas e AfinsDicionário

Aprendiz XII – Cinco vezes Miguel Torres

 

No último dia 6, Marcel e Bete, da Assemblage Granja Vianna, promoveram uma degustação de tintos espanhóis produzidos pela Miguel Torres. Trata-se de uma bodega famosa, de tradição, que está no ramo desde 1800 e hoje conta também com vinícolas no Valle Central (Chile) e na Califórnia (mais informação aqui). Fui conferir e aprender:

 

Atrium Merlot 2007 DO Penedès – Tinto

- 100% Merlot.

® Cereja límpido. Muita fruta e baunilha. Na boca framboesa. Permanência média. Um vinho gostoso, mas que não chega a ser especial.

 

Nerola Syrah Monastrell DO Catalunya 2005 – Tinto

- Syrah + Monastrell

® Rubi quase grená. Levemente mineral (grafite), alguma fruta, madeira, cappuccino. Na boca equilibrado, elegante, tostado + cappuccino. Passa 12 meses em barricas de carvalho francês.

 

Celeste 2006 Crianza DO Ribera del Duero – Tinto

- 100% Tempranillo.

® Rubi violáceo. Aromas de coco, baunilha, fruta vermelha, mineral. Uma delícia na boca, confirmando os aromas. Equilibrado, longo. Passa 12 meses em carvalho americano novo. Na minha opinião o segundo melhor da noite.

 

Gran Coronas Cabernet Sauvignon 2004 DO Penedès – Tinto

- 83% Cabernet Sauvignon + 17% Tempranillo.

® Grená límpido. Pimentão, madeira, couro, framboesa. Macio na boca, bom corpo, herbáceo.

 

Mas La Plana Cabernet 2005 DO Penedès – Tinto

- 100% Cabernet Sauvignon.

® Cereja intenso. Coco, empireumático, leve fruta, fumaça, almíscar. Aromas muito interessantes. Redondíssimo na boca, elegante, espetacular. Longo. Passa 28 dias em maceração e 18 meses em carvalho francês novo. Foi o campeão da noite. Disparado.

 

Pontos interessantes:

1) apesar da maioria dos vinhos passar por madeira, alguns por bom tempo, nenhum deles é pesado.

2) Todos os vinhos degustados tinham um certo aroma de framboesa, às vezes mais proeminente, às vezes mais sutil. Me pareceu uma espécie de “assinatura” da bodega.

3) Quanto mais conheço os vinhos espanhóis, mais gosto deles.

2 comentários para “Aprendiz XII – Cinco vezes Miguel Torres”

  1. Roseli disse:

    Boa Tarde!
    Passei para deseja-lhe um ótimo fim de semana!!
    Beijos

  2. Rogerio disse:

    Bom fim de semana prá você também!
    Rogério

Deixe um comentário

 
Amuse Bouche - Conteúdo alimentado por Rogério Moraes
Design; OPORTO design integrado