amuseBOUCHE

Para falar do que eu gosto...

DiárioReceitasVinhos & CiaDicas e AfinsDicionário

Redondas

 

Nem tudo são crisântemos, fogos e lanternas vermelhas aqui no país do meio. Agente passa apertos também. Enfrenta a burocracia, os problemas de comunicação e as diferenças de mentalidade.  E sente saudades. De gente, lugares e sabores. Aqui não tem bacalhau, as frutas, sucos e vegetais do Brasil… E também não tem pizzas como as da Basílica! Isto transforma-se num belo problema para uma carioca que viveu os últimos 16 em São Paulo e tem dois filhos paulistanos. Invariavelmente, todo domingo, vem aquela vontade de pizza. E a pergunta: onde vamos comer?

 

Já percorremos boa parte da cidade em busca de uma redonda decente: Da Marco, The Kitchen Salvatore Cuomo, Papa John’s, Med Thyme, Peng You’s, Va Bene ,  a  Côté, Aqua… até Pizza Hut passou pelo crivo! Algumas são aceitáveis, outras sofríveis, nenhuma excepcional. Então semana retrasada entreguei os pontos e achei que melhor alternativa seria fazer as pizzas eu mesmo.

 

Já publiquei por aqui uma pizza de frigideira, que é uma das mais acessadas do blog. Mas não era exatamente este tipo que queríamos. Revirei os livros e a web em busca de uma receita mais “autêntica” e que aparentemente funcionasse. Acabei fazendo algumas adaptações nesta aqui. Basicamente ajustei alguns ingredientes segundo o bom senso e acrescentei um pouco de açúcar à massa, para uma fermentação um pouco mais rápida. O resultado foi excelente.

 

Comprei também uma pedra de assar que foi fundamental ao processo.  Sem ela creio que o forno não chegaria a uma temperatura alta o suficiente para deixar massa com a textura e crocância necessárias. Recheios e molho como de costume. A pedidos da molecada, inventei uma pizza doce com o que tinha na geladeira: Framboesa com Cream Cheese. E assim o endereço da melhor pizzaria de Shanghai passou a ser: 1 Xiu Yan Lu #129 – aqui em casa!

 

 pizza1

 

Massa de Pizza (adaptado de fornobravo.com)

 

Ingredientes:

 

- 6 xícaras de Farinha de trigo.

- 3 colheres de chá de sal.

- 1 colher de chá de açúcar.

- 2 colheres de chá de fermento biológico seco.

- 400ml de água morna.

 

Modo de Preparo:

 

1. Dissolver o fermento e o açúcar na

2. Numa tigela grande misturar a farinha e o sal. Acrescentar a água morna.

3. Misturar e sovar por cerca de 5 a 10 minutos, até que a massa esteja lisa.

4. Descansar a massa por 15 minutos. Sovar novamente por mais 5 minutos. Voltar a massa para a tigela, limpa e enfarinhada. Cobrir com um pano úmido e deixar crescer por cerca de 1 hora.

5. Dividir a massa em 4 partes, abrir os discos e recheá-los.

6. Assar em forno muito quente.

Rende 4 discos de pizza.

 

Recheio de Pizza doce – Framboesa e Cream Cheese: misturar 2 colheradas de geléia de framboesa com um pouco de Cointreau, a fim de obter uma consistência mais líquida. Espalhar sobre o disco de pizza e acrescentar colheradas de cream cheese. Assar em forno muito quente.

 

 pizza2

 

  

Em tempo: facilita muito a manipulação usar uma grade ou suporte redondo como o da foto abaixo. Comprei 2, no mesmo lugar onde adquiri a pedra de assar. Neste caso, basta abrir a massa e colocá-la no suporte antes de rechear a pizza.

dsc03635

4 comentários para “Redondas”

  1. wair disse:

    Ótimo! Quer dizer que quando eu voltar a Shanghai posso pedir delivery no hotel? Abs!

  2. Rogerio disse:

    KKKK
    Olha ainda não tinha pensado nisto… mas dependendo da quantidade….rsrsrs
    abs
    Rogério

  3. EduLuz disse:

    Rogério, aqui em Ferraz de Vasconcelos é a mesma coisa! :)
    Eu tenho que fazer a minha pizza e estou com você. Esta pedra é preciosa.

    Continuo acompanhando a saga “sinuosa”.

    Abs.

  4. Elisabete Zorzett disse:

    Rogério, qual é a pedra mais apropriada?
    Obrigada.

Deixe um comentário

 
Amuse Bouche - Conteúdo alimentado por Rogério Moraes
Design; OPORTO design integrado