amuseBOUCHE

Para falar do que eu gosto...

DiárioReceitasVinhos & CiaDicas e AfinsDicionário

Radiola 5 – Dia dos namorados

porgy-and-bessRepetindo o que fiz ano passado, eis aqui a minha sugestão de trilha sonora para o dia dos namorados.

Desta vez vamos de Porgy and Bess. Não a Ópera completa, mas a histórica versão de 1958 com Louis Armstrong e Ella Fitzgerald. Qualquer comentário meu a respeito desta gravação seria redundante. Ouça, apenas ouça as duas faixas que estão no Ipod aí de cima e veja como George e Ira Gershwin traduzem amor em música. E se na vida eu fosse orquestrador de standards, gostaria de escrever como Russ Garcia, que assina os arranjos deste álbum.

 Ah… A paixão: I is yours forever… Mornin time an evenin time an summer time an winter time…

 

Porgy & Bess

Ella Fitzgerald and Louis Armstrong

Gravavado em Los Angeles em Agosto e Outubro de 1957

Verve Records

5 comentários para “Radiola 5 – Dia dos namorados”

  1. Oscar disse:

    Rogério,
    Você escolheu a dedo, esta gravação é linda. Aliás, tudo de Gershwin é legal!
    Abraço
    Oscar

  2. Ligia disse:

    olá!

    que prazer conhecer seu blog! é que ,dei logo de cara com essa gravação de Louis Armstrong e Ella Fitzgerald. Quanto a Armstrong não há o que dizer(é impossível não gostar!) mas quanto a a Ella, nossa, eu amo e aqui em casa ninguem compartilha esse gosto (diga-se de passagem, magnífico gosto!) comigo, então me deixou feliz e enlevada esse achado!! só tenho que dizer obrigada e quero voltar sempre a frequentar este blog!! se tiver sempre música da Ella Fitzgerald então, vou virar sua fã!!

    Ligia

  3. Ligia disse:

    oi! continuando com Ella:

    acho que vc deve conhecer, mas envio minha musica favorita entre tantas:

    http://www.youtube.com/watch?v=jAoABuJS1MA

    do cd : The Complete Ella Fitzgerald Song Books / “Cry me a river”

    Ligia

  4. Rogerio disse:

    Oi Ligia!
    Tudo bem?
    Legal que você gostou do Blog…seja bem vinda e volte sempre.
    Bacana compartilhar este gosto pela Ella. Aliás, pelos grandes ícones do Jazz…
    beijo
    Rogério

  5. Rogerio disse:

    Ligia,
    Eu não conhecia esta versão…mas adorei. Impressionante como eles começam de maneira sutil e vão num crescendo de muito bom gosto até mais ou menos o meio da música para depois terminar de forma sutil novamente. Coisa de artista. Ah, sou fã do Joe Pass. Competentíssimo.
    Beijo
    Rogério

Deixe um comentário

 
Amuse Bouche - Conteúdo alimentado por Rogério Moraes
Design; OPORTO design integrado