amuseBOUCHE

Para falar do que eu gosto...

DiárioReceitasVinhos & CiaDicas e AfinsDicionário

Radiola

Aqui vai o primeiro post sobre uma das minhas maiores paixões: música clássica. Encontrei esta semana este CD fantástico com os 2 concertos de piano de Brahms por Nelson Freire (dispensa comentários) e a Gewandhaus de Leipzig com Riccardo Chailly. Muita gente diz que as madeiras das orquestras alemães são insuperáveis. Concordo. Mas, gostei especialmente dos metais nesta gravação. Equilibrados, sem exageros mas conferindo ao conjunto a dramaticidade necessária. E o melhor: a gravação é ao vivo. O que sempre prefiro nestes tempos de alta tecnologia.

Nelson Freire está lá com todo o vigor. Resolve bem as dificuldades técnicas do concerto, dando fluência e fraseado que muitos pianistas não conseguem. Uma interpretação que se impõe. Com elegância.

Chailly, correto e experiente como sempre, deixa a obra fluir livre e não tolhe a interpretação de Freire.

Quanto às obras, são dois marcos do Romantismo. E Brahms inovou em vários aspectos nestes dois concertos. A ponto de receberem uma recepção bastante fria do público e da crítica à época de suas respectivas estréias. Tecnicamente são extremamente difíceis e, na minha opinião, nem todos conseguem tocá-los com arte.

Pessoalmente, sempre gostei mais do primeiro concerto (apesar do segundo ser o mais “popular”). Em especial, da longa introdução do primeiro movimento (Maestoso), que é quase uma Sinfonia, e de todo o folclore que cerca o segundo movimento (Adagio). É que nesta época Brahms estava perdidamente apaixonado por Clara, esposa de seu grande mentor e incentivador, Robert Schumann. Brahms mais tarde confessou que o segundo movimento do Concerto em Ré Menor op.15 era uma “pintura apaixonada” de Clara…Mais romântico impossível!

Brahms – The Piano Concertos
Nelson Freire – Gewandhausorchester – Riccardo Chailly
Decca
Gravado ao vivo em Novembro de 2005 e Fevereiro de 2006

Tags:

Deixe um comentário

 
Amuse Bouche - Conteúdo alimentado por Rogério Moraes
Design; OPORTO design integrado