Rogério Moraes 21/01/2010 • < 1 min
links sociais

Mais Sobre Levain – Capítulo 3

O pote de levain saiu do freezer e ficou na geladeira por aproximadamente 18 horas, até que estivesse totalmente descongelado. Em seguida descartei metade do conteúdo (200g) e realimentei o que restou com 100g de água mineral + 100g de farinha de trigo integral orgânica. Deixei à temperatura ambiente. Três horas depois já era possível perceber o levain em plena “ebulição”: as bolhinhas de ar se formando, junto com o aroma ácido característico.

Após 6 horas, realimentado e à temperatura ambiente a potência do fermento era tanta que resolvi repetir o processo de realimentação e voltar o pote à geladeira, conforme a rotina. Isto aconteceu de sábado para domingo. Na quarta feira seguinte repeti o processo de realimentação, como de costume. Há uns 30 minutos acabei de amassar mais um Pain de Campagne. Com levain natural, vivinho da Silva!

Recent Posts

See all
Outro "Curry". Entre aspas mesmo!
Lavoisier: Minha Receita de Pão de Milho
Aprendiz XIV - Tour de France - Chinon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *